×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Mais ruas pedonais e 35km de ciclovias no Porto até ao final do ano

Carolina Bessa Carolina Bessa

ciclovias porto

Este projeto faz parte do plano da Câmara do Porto para dinamizar o espaço público.

A Câmara Municipal do Porto anunciou na passada sexta-feira, dia 29 de maio, o plano para dinamizar o espaço público e proporcionar uma nova experiência de lazer nas ruas do Porto. Este plano visa, igualmente, dinamizar o centro da cidade para fazer face à recessão económica que se instalou no contexto da pandemia.

Neste sentido, no plano da Câmara do Porto contam medidas como a transformação de 14 ruas da Baixa do Porto em ruas pedonais aos fins de semana, algo que já estará pronto no final do mês de junho, e o alargamento em 35km das ciclovias até ao final deste ano.

Para além disso, começou ontem, dia 1 de junho, o programa de partilha de trotinetes e bicicletas e prevê-se também o reinício de atividade das feiras mercados urbanos do Porto a partir do dia 19 de junho, ainda que de forma faseada.

Sobre este plano, Rui Moreira acrescentou

“É o mote para a cidade pensar sobre si própria, como quer viver e conviver. Mas temos ainda mais ideias para a aproximação progressiva do cidadão ao espaço público”

As ruas que se vão tornar pedonais aos fins de semana

Zona I

  • Rua de Cedofeita (que durante este período fica pedonal em toda a sua extensão);
  • Rua de Miguel Bombarda;
  • Rua do Breyner;
  • Rua das Carmelitas;
  • Rua de Conde de Vizela;
  • Rua da Fábrica;
  • Rua de Santa Teresa;
  • Rua de Avis;
  • Rua do Almada;
  • Rua da Conceição;
  • Rua de Passos Manuel (em toda a sua extensão).

Zona II

  • Passeio das Virtudes;
  • Rua do Dr. Barbosa de Castro.

Zona III

Publicidade

  • Rua dos Caldeireiros;
  • Avenida Rodrigues de Freitas.

Nestas zonas, os espaços verdes também vão aumentar, afirmou o vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo.

ciclovias no porto
flickr.com/Brian Scott

Ciclovias

No que às ciclovias diz respeito, para além do alargamento da rede, vão existir mais 130 lugares de aparcamento em parques vigiados. 

Mercados Urbanos

A partir do dia 19 de junho voltam às ruas do Porto algumas feiras e mercados urbanos, tais como:

  • Feira de Artesanato da Batalha (na sua localização original);
  • Mercado da Ribeira (Cais da Ribeira);
  • Mercado de Artesanato do Porto (Praça de Parada Leitão);
  • Mercadinho da Ribeira (Cais da Ribeira);
  • Feira de Numismática, Filatelia e Colecionismo (Praça D.João I);
  • Feira dos Passarinhos (Alameda das Fontainhas);
  • Feira de Antiguidades e Colecionismo (Praça Velasquez);
  • Sensations Market;
  • Mercado da Alegria;
  • Mercado da Terra;
  • Urban Market;
  • Mercadinho dos Clérigos;
  • Família Sai à Rua;
  • Portobelo;
  • Pink Market.

A partir de 4 de setembro regressam outras feiras como a Feira da Vandoma, Feira da Pasteleira, Feira do Cerco, o Urban Market e o Flea Market.

mercados urbanos

 

Notícias