×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

As 10 novas medidas do confinamento geral

Valter Leandro Valter Leandro

As 10 novas medidas do confinamento geral

O primeiro-ministro acaba de endurecer as medidas para este confinamento , entre elas o encerramento dos supermercados às 17h aos fins de semana.

Tal como já era esperado, o conselho de ministros extraordinário convocado para hoje deu origem a uma série de medidas, mais duras, para combater a proliferação o número de casos infetados no país, que ao dia de hoje se afigura com o pior da Europa e o segundo pior do mundo (só atrás de Israel), por milhão de habitantes.

O primeiro-ministro começou por dizer que, no período entre sexta-feira e domingo houve menos 30% de circulação no país, quando comparado com a semana passada, para de seguida, clarificar cada uma das novas medidas a aplicar para este confinamento:

  1. É proibida a venda ou entrega ao postigo de qualquer bem não alimentar, como por exemplo vestuário;
  2. É proibida a venda ou entrega ao postigo de qualquer tipo de bebidas, por exemplo cafés;
  3. É proibida a permanência ou consumo de bens alimentares junto à porta de estabelecimentos do ramo alimentar, por exemplo, à porta de cafés ou restaurantes;
  4. Todos os espaços do ramo alimentar nos centros comerciais devem ser encerrados;
  5. São proibidas as campanhas de saldos e promoções que promovam a deslocação de pessoas;
  6. É proibido permanecer em espaços públicos, como jardins, para motivos de lazer (as pessoas podem passar por estes espaços, mas não devem permanecer nos mesmos durante longos períodos de tempo);
  7. É requisitado a todos os presidentes de câmara ou juntas de freguesia que proibiam os seus munícipes a permanecer de pessoas junto de locais ou zonas de lazer, como passeios marítimos, praças, jardins, entre outros locais com esta tipologia;
  8. Devem ser encerradas as universidades séniores, centros de dia e centros de convívio;
  9. Todos os trabalhadores cujo a sua presença seja imprescindível no local de trabalho devem ter justificação para circular;
  10. Será reposta a proibição de circulação entre concelhos aos fins de semana, e todos os estabelecimentos devem encerrar às 20h nos dias úteis e às 13h aos fins de semana, com exceção do retalho alimentar que nestes dias deve encerrar às 17h.

Face aquilo que o primeiro-ministro António Costa apelida de abusos neste fim de semana, todas estas medidas serão reguladas pela ASAE e pelas forças de segurança, sinal que será mais evidente através de uma maior visibilidade destas autoridades nas vias públicas.

Segundo o primeiro-ministro,

Publicidade

Não há razão para termos menos medo hoje do que quando o vírus chegou, em março do ano passado.”

Foto de capa: @antoniocostapm

Notícias