×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Lupin vai ultrapassar “La Casa de Papel” nas séries mais vistas na Netflix

Valter Leandro Valter Leandro

Lupin vai ultrapassar “La Casa de Papel” nas séries mais vistas na Netflix

Lupin é o mais recente fenómeno de audiência da Netflix em todo o mundo, podendo ultrapassar a aclamada “La casa de Papel”.

No geral, a série francesa Lupin está a sair-se bem melhor do que alguns dos melhores sucessos da Netflix, como “Gambito de Dama”,  “Bridgerton” e, pasma-te, “La Casa de Papel”.

A nova série francesa, com Omar Sy no principal papel, já foi assistida por mais de 70 milhões de subscritores da Netflix, e estamos a falar só no primeiro mês de exibição nesta plataforma de streaming.

Ainda que a Netflix não revele os números de audiência dos seus conteúdos, apenas estimando o número de visualizações em cada casa, sabe-se que, segundo as classificações, Lupin entra diretamente para o pódio cimeiro das séries mais assistidas desta plataforma.

Tal como sucedeu com La Casa de Papel, também Lupin tinha apenas como público alvo o mercado local, neste caso o francês, assim como o espanhol para as aventuras do professor.

Mas acontece que rapidamente esta série desbravou fronteiras e, desde o seu lançamento a 8 de janeiro, ocupou o Top 10 das tendências nos Estados Unidos, Brasil, Argentina, Vietname, Alemanha, Itália, Espanha e Filipinas. Em Portugal encontra-se, à data deste artigo, na segunda posição, logo atrás de “Fate: The Winx Saga”.

Publicidade

 

O enredo de Lupin

A série, que traz uma versão modernizada do lendário personagem Arsène Lupin, o cavalheiro ladrão, foi dirigida por George Kay (Criminal, Killing Eve) e François Uzan (Family Business). A produção de Gaumont, da qual 5 de 10 episódios estão atualmente disponíveis no Netflix, não segue, contudo, a história de Arsène Lupin.

Omar Sy interpreta Assane Diop, um pai que admira o ladrão cavalheiro imaginado por Maurice Leblanc em 1905, com a finalidade de vingar o seu pai e roubar os ricos e mais influentes. 

Foto de capa: @Netflix
Texto original de Paris Secreto

Cultura O Que Fazer