×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Os melhores livros de 2020

feverup feverup

Melhor livro 2020

Para os editores da Secret Media Network, estes são os escolhidos. 📚

Pedimos a todos os editores que integram a Secret Media Network que escolhessem qual foi o melhor livro que leram neste ano incomum. Conhece aqui todas as nossas recomendações:

1 – Lá, onde o vento chora, Delia Owens

por Laura Rogan, editora Secret Manchester

Foi-me recomendado por um amigo como um daqueles livros que provocam uma torrente de emoções. E assim foi.

Melhor livro 2020

2 – Pandemia, Franck Thilliez

por Laura Coll, editora Paris Secret

Embora lançado em 2015, este thriller provou ser presciente apenas cinco anos depois.

Melhor livro 2020

3 – Pandemia, Franck Thilliez

por Miriam Cacho Sol, Diretora de Conteúdos

Confio em qualquer aposta de Sabina Urraca, e esta é uma.
Melhor livro 2020

4 – Expectativas, Anna Hope

por Georgie Hoole, editora executiva (UK / AUS +)

Se gostaste de Pessoas Normais (Sally Rooney, 2018) vais adorar Expectations. Conta a história de três melhores amigos que dividem um apartamento em East London. A história das suas vidas ambiciosas, dolorosas, caóticas e, ainda assim, comuns. Talvez porque o romance se passe na minha zona favorita da minha cidade natal, ou talvez por causa de quão assustadoramente reconhecível é nas amizades femininas e na tentativa de encontrar o meu caminho como mulher neste mundo, este livro absorveu-me totalmente.

Melhor livro 2020

5 – As Delícias de Ella, Ella Mills

 por Valter Leandro, editor Lisboa Secreta

Estou a tentar comer cada vez menos carne e a adotar um estilo de vida mais saudável. Daí a escolha deste livro, que contém algumas das receitas veganas mais fáceis de confecionar. Perfeito para iniciantes no veganismo.

Publicidade

Melhor livro 2020

6 – La nueva masculinidad de siempre, Antonio J. Rodríguez

por Antonio Pineda, editor Barcelona Secreta

Rodríguez publicou “A nova masculinidade de sempre”, uma reflexão sobre a chamada nova masculinidade que se baseia numa tese central: a nova masculinidade não só não é nova, mas, além disso, tem alguma presença no discurso de hoje, devido ao seu potencial de receitas políticas e comerciais.

Melhor livro 2020

7 – Shuggie Bain, Douglas Stuart

por Kat Noman, editor Secret Copenhaga, Amesterdão e Estocolmo

Passado em Glasgow de 1980, sob o governo de Margaret Thatcher, conta a história de um menino criado na pobreza que tenta ajudar a sua mãe alcoólatra a assumir o controle da sua vida. Este é o primeiro romance de Douglas Stewart e é brilhante. Embora seja uma obra de ficção, ela comunica a uma geração inteira que lutou para abrir o seu caminho em alguns anos difíceis para o Reino Unido. O romance ganhou o Prémio Booker 2020 e, na Espanha, será publicado em breve pela editora Sexto Piso.

8 – Poeta chileno, Alejandro Zambra

por Alberto del Castillo, editor Madrid Secreto

Ser chileno e não ser poeta deve ser algo como ser espanhol e não gostar de flamenco. Este preconceito da moda pode servir para apresentar o último livro de Alejandro Zambra, um hilariante e audacioso narrador chileno que publicou o seu primeiro romance este ano. O poeta chileno, que consolida ou reafirma Zambra como um dos melhores escritores latino-americanos do nosso tempo, é um livro multifacetado sobre as relações paterno-filiais, sobre a consanguinidade, sobre a efervescência do amor, sobre a paixão da adolescência.

9 – Un amor, Sara Mesa

por Lucía Mos, editora executiva Espanha

A história desta mulher perdida numa cidade também ela perdida é contada para criar desconforto. Nat conhece os seus novos vizinhos, às vezes amigos, às vezes perturbadores, e a cada página depara-se com uma solidão única: aquela que surge quando se está rodeado de pessoas que não nos compreendem. Um dilema perpétuo sobre moral, decisões e pessoas.

 

Conhece aqui as melhores séries e os melhores filmes de 2020 para os nossos editores.

Foto de capa: @radu-marcusu

Cultura