×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Mercado do Bolhão: um símbolo da cidade Invicta

Carolina Bessa Carolina Bessa

pessoas a passear no mercado do bolhão

Descobre factos curiosos sobre este símbolo da cidade.

É inegável que o Mercado do Bolhão é um dos mais emblemáticos locais da cidade do Porto. As suas cores, cheios e sabores e as pessoas que lá trabalham são um símbolo e uma representação da alma portuense.

Atualmente, o Mercado está em obras, tendo a Câmara do Porto anunciado que o seu término vai acontecer apenas no segundo semestre de 2021. Contudo, o espírito do mercado anda para a par com os que dele fazem parte e isso nunca abandona os vendedores e a cidade.

Precisamente, por isso, e por ser um ícone da cidade Invicta, fomos descobrir mais e apresentamos aqui alguns factos interessantes e curiosos sobre este local.

O nome

Para nós, portuenses, é já tão normal ouvir falar do Bolhão que talvez nunca nos tenhamos questionado sobre o seu significado. Afinal, o que quer dizer “bolhão”? Qual a origem deste nome?

Diz-se que as suas origens remontam a 1838, altura em que a Câmara da cidade optou por adquirir um terreno e construir uma praça. Contudo, este era um local com muita lama e onde passava um pequeno ribeiro, pelo que fazia com que se formasse uma bolha de água. Et voilá! Assim apelidaram aquele terreno e zona de “bolhão”.

Foi construído em 1914

Desde que foi adquirido pela Câmara, várias foram as ideias para o terreno. Em 1914 é construído o edifício que conhecemos, com entradas pelas quatro ruas que serve: Alexandre Braga, Fernandes Tomás, Rua Formosa e Sá da Bandeira.

Publicidade

Uma obra avançada para a época

Para além de ser um projeto ambicioso e que viria a mudar a fachada da cidade do Porto, também foi considerada uma obra avançada para a época em que estava a ser construída. Isto deve-se, maioritariamente, ao facto de ser utilizado betão armado em conjunto com estruturas metálicas, coberturas em madeira e cantaria de pedra granítica.

mercado do bolhão
flickr.com/Pedro Reis

Imóvel de Interesse Patrimonial

O Mercado do Bolhão foi classificado, em 2006, como Imóvel de Interesse Patrimonial, devido aos seus valores arquitetónico, artístico, histórico, simbólico, cultural e social.

Monumento de Interesse Público

Anos mais tarde, em 2013, o mercado foi distinguido como Monumento de Interesse Público. O monumento foi descrito como um dos mais emblemáticos espaços coletivos da cidade.

É um símbolo da identidade do Porto

O Mercado do Bolhão é querido pelos portuenses por ser um dos locais onde ainda se mantém a verdadeira essência da vida e alma portuense. Os produtos são únicos, tal como quem os vende, o que é algo muito valioso para a identidade genuína da cidade.

mercado do bolhão
Foto: @mbolhao

Foto de capa: flickr.com/arka oleg

O Que Fazer