×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Portugal vai ter o primeiro Café Joyeux, que forma e emprega pessoas com trissomia 21 e autismo

Valter Leandro Valter Leandro

Portugal vai ter o primeiro Café Joyeux, que forma e emprega pessoas com trissomia 21 e autismo

O Café Joyeux é um dos espaços de restauração mais solidários que conhecemos… e um deles vai abrir brevemente em Lisboa. ☕👏

Depois das cidades de Paris, Rennes e Bordéus, o Café Joyeux vai abrir a sua nova casa na capital portuguesa, Lisboa.

O anúncio foi feito nas redes sociais da marca, não especificando ainda a data para a abertura do primeiro espaço fora do território francês.

Segundo esta publicação, os fundadores do café solidário já trabalham há dois anos com uma equipa portuguesa no sentido de trazer para Lisboa um conceito nobre que, certamente, será muito bem recebido por todos.

Um café que promove a inclusão

O primeiro restaurante Café Joyeux foi fundado em 2017, logo com o objetivo de formar e empregar pessoas com trissomia 21 ou outras perturbações cognitivas, como o autismo.

O objetivo é dar visibilidade à limitação cognitiva e potenciar o encontro social, através do emprego de pessoas que, à partida, estão mais afastadas deste tipo de profissões, permitindo-lhes ganhar confiança, experiência e, principalmente, que estes trabalhadores “especiais” se sintam mais integrados na sociedade.

Publicidade

Foto por Cafe Joyeux

Todos os colaboradores passam por uma fase de formação em diversas áreas da restauração, passando depois a fazer parte de uma equipa num dos cafés através de um contrato sem termo.

Nas lojas já existentes em França, estes colaboradores ocupam funções como atendimento às mesas, caixa, cozinha e outros serviços de sala.

Uma empresa em crescimento

Os Cafés Joyeux já se podem considerar uma empresa sustentável em França. Estes são alguns dos números que, também em Lisboa, queremos ver “copiados” (e num futuro próximo no Porto, esperamos nós):

  • 5 espaços abertos;
  • 50 colaboradores com limitações cognitivas;
  • + de 150 mil pessoas já passaram por um dos cafés.
Foto por Cafe Joyeux

Foto de capa: Cafe Joyeux