×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Primeiro edifício da Península Ibérica com selo sustentável, fica no Porto

Porto Secreto Porto Secreto - Editor

milestone porto premio

O edifício Milestone Porto Asprela recebeu a certificação internacional LEED Gold, pela sua construção ecofriendly.

A residência universitária Milestone Porto Asprela Nuveen RE, inaugurada em 2019, destacou-se com o valor mais elevado de sempre na Europa, na obtenção de certificação LEED v4 – Hospitality, que certifica projetos ecofriendly. O objetivo desta certificação é o de promover as melhores práticas na construção, reduzindo a pegada ambiental dos edifícios em todo o seu ciclo de vida.


Esta avaliação ao edifício universitário com 220 quartos, foi feita pelo U.S. Green Building Council, analisando do design à manutenção, passando pela construção e operação, tendo obtido no total 62 pontos (ex aequo com um outro edifício certificado na Irlanda), permitindo assim que esta distinção seja a primeira na Península Ibérica, na obtenção deste selo sustentável.

O edifício Milestone Porto Asprela caracteriza-se por incluir soluções como:

  • Reutilização da água dos chuveiros para as sanitas;
  • Controlo de caudais de torneiras;
  • Utilização de energias renováveis no edifício;
  • Escolha de equipamentos elétricos e mecânicos de elevada eficiência;
  • Utilização de sistemas inteligentes para gestão de equipamentos do edifício;
  • Controlo de sistemas de ar condicionado pela abertura de janelas;
  • Utilização de revestimentos de elevada eficiência térmica;
  • Promoção da iluminação natural.

Este projeto do operador austríaco Value One Development, especializado no setor das residências para estudantes, associou-se à construtora portuguesa com sede no Norte, Garcia Garcia, responsável pelos projetos de arquitetura e engenharia e pela construção do edifício.

milestone.net @markuskaiser

Garcia Garcia realça, em comunicado:

Publicidade

“Ainda na fase de conceção, foram tidos em conta aspetos como a seleção de materiais, o controlo das emissões poluentes, o tratamento de resíduos e a utilização de metodologias menos impactantes. O desempenho energético, acústico e térmico, assim como o consumo de recursos naturais, ao longo do ciclo de vida e manutenção do edifício, foram escrupulosamente estudados e concebidos numa vertente ecofriendly

A certificação LEED – Leadership in Energy & Environmental Design, atribuída pelo U.S. Green Building Council tem como âmbito avaliar e creditar construções ecofriendly. Estas são avalias mediante um sistema universal de parâmetros que atestam o desempenho ambiental e energético dos edifícios. A certificação LEED está presente em mais de 150 países em todos os continentes, e o seu sistema de avaliação inclui edifícios comerciais, industriais, de serviços e residenciais.

Recentemente, o Porto foi também considerada como uma das cidades do mundo líderes em termos ambientais. Lê aqui o artigo.

Foto de capa: milestone.net @markus

Notícias O Que Fazer