×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Começa hoje o Queer Porto, o Festival Internacional de Cinema Queer

Carolina Bessa Carolina Bessa

queer porto

O festival termina no dia 17 de outubro.

O Queer Porto é um festival de cinema que vai na sua 6ª edição na cidade do Porto. Começou por ocupar apenas o Teatro Rivoli, mas ao longo dos anos foi ganhando mais “espaço” e as sessões agora dividem-se pelo teatro municipal e pela Casa Comum – Cultura U.Porto.

Este é um festival único

de cinema nacional com o propósito específico de exibir filmes de temática gay, lésbica, bissexual, transgénero, transsexual, intersexo e de outras sexualidades e identidades não-normativas, num género cunhado internacionalmente como “Cinema Queer”. Este é um cinema com crescente expressão nos grandes festivais de cinema internacionais e é nosso objetivo programar o que de mais relevante, em termos estéticos e narrativos, se faz no panorama mundial, visando colmatar o facto de este cinema ser de acesso ainda limitado ao grande público.

No Porto, o festival coloca o cinema em diálogo com outras artes e não se cinge apenas a exibições. Para além disso, são também promovidas outras atividades de carácter lúdico e que pretendem promover o evento.

Publicidade

Queer Porto: o programa

Tal como os outros festivais, também este tem categorias e atribuição de prémios. Assim, o âmbito desta festa do cinema divide-se nas seguintes vertentes:

  • Competição Oficial – Melhor Filme e In My Shorts
  • Sessões Especiais
  • Queer Focus
  • Queer Pop
  • Conversas
  • Exposição

Estes são alguns dos filmes que estarão em exibição nos próximos dias:

  • A Perfectly Normal Family, Malou Reymann, 2020 (Dinamarca)
  • Para onde voam as feiticeiras, Eliane Caffé, Carla Caffé, Beto Amaral, 2020 (Brasil)
  • Dopamina, Natalia Imery Almario, 2019 (Colômbia, Uruguai, Argentina)
  • Rescue the fire, Jasco Viefhues, 2019 (Alemanha)

Consulta as sessões e o restante programa aqui.

Também está a acontecer o Festival de Marionetas. Não percas!

Foto de capa: @dmjdenise

Cultura