×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Plano de desconfinamento: regras para a reabertura dos restaurantes

Carolina Bessa Carolina Bessa

Plano de desconfinamento: regras para a reabertura dos restaurantes

Os restaurantes reabrem no próximo dia 18 de maio.

O Plano de Desconfinamento do Governo está dividido em três fases, sendo que a cada 15 dias são reavaliadas as medidas e o estado do país neste regresso, lento e gradual, da atividade económica. A primeira fase iniciou-se a 4 de maio e na próxima segunda-feira, dia 18, inicia-se a segunda. Esta contempla, entre outras coisas, a reabertura dos restaurantes.

Tal como sabemos, a ameaça do novo coronavírus ainda está ativa e há a possibilidade de voltar a ser ativado um novo Estado de Emergência, pelo que todos os cuidados devem ser adotados neste retorno. Neste sentido, o Governo e a DGS estabeleceram medidas e regras que permitem a reabertura dos restaurantes.

Estas medidas destinam-se aos estabelecimentos e funcionários, mas também aos clientes. É importante lembrar de que todos temos uma responsabilidade no combate a esta crise, pelo que, querendo ir a um restaurante, devemos conhecer estas regras:

Publicidade

  • Redução da capacidade máxima de ocupação do espaço, por forma a assegurar uma distância mínima de 2 metros entre clientes (exceto se forem da mesma família);
  • Privilegiar a utilização de esplanadas, sempre que possível, e serviços de take-away;
  • Impedir que os clientes mudem a disposição das mesas, sendo que deve ser sempre um colaborador a fazê-lo, tendo em conta a distância recomendada;
  • Sempre que possível, preferir o pagamento por multibanco, para evitar a troca de dinheiro;
  • Disponibilizar dispensadores de desinfetante à entrada do estabelecimento e outras áreas convenientes;
  • Garantir que as casas de banho estão equipadas com sabão e toalhas de papel únicas para a secagem das mãos;
  • Desinfetar, frequentemente, áreas onde o contacto é mais propício, como maçanetas, torneiras, mesas, balcões, cadeiras, etc;
  • Desinfetar materiais como terminais de pagamento após cada utilização;
  • Higienizar, com frequência, as casas de banho;
  • Retirar motivos decorativos das mesas;
  • Assegurar boa ventilação e renovação do ar frequente;
  • Os colaboradores devem usar sempre a máscara durante o tempo de trabalho se se encontrarem em espaços fechados e com múltiplas pessoas.
@lefterisk

Relembramos que, por exemplo, a utilização da máscara, não substitui o cumprimento de todas as restantes medidas de segurança, higiene e etiqueta respiratória. 

Saiba como vão funcionar as creches

Foto de capa: @joncas89

Notícias