×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

6 vencedores dos Globos de Ouro de 2021 para incluíres na tua lista

Porto Secreto Porto Secreto - Editor

6 vencedores dos Globos de Ouro de 2021 para incluíres na tua lista

De Nomadland a Soul, estes são os vencedores dos Globo de Ouro 2021 que tens de ver!
O mundo do cinema e da televisão continuou a dar cartas, apesar da loucura que 2020 foi para todos. Embora o brilho e o glamour habituais dos Globos de Ouro estivessem ausentes, a emissão estendeu-se como é habitual com algumas vitórias muito merecidas, noite adentro. Do nosso lado, a equipa da Secret Media Austrália escolheu os seus favoritos entre os vencedores, que deves mesmo colocar na tua lista para veres em breve, caso ainda não o tenhas feito.

1. Nomadland – Sobreviver na América

Nomadland é um filme sobre uma mulher que deixa a sua casa para viajar pelo oeste americano após uma tragédia pessoal. Embora este ângulo já tenha sido explorado antes, a realizadora Chloe Zhao, trouxe um nível de sensibilidade raro. Frances Mcdormand é uma atriz incrível, que enverga muitas nuances e riqueza ao seu retrato de uma personagem, que normalmente não vemos no ecrã. Este é um filme lindo e instigante que te vai dar vontade de deixares o trabalho e fazeres-te à estrada.

Vencedor nas categorias de:

Melhor Filme | Drama,
Melhor Realizador/a | Filme (Chloe Zhao).

2. Soul: Uma Aventura com Alma

A capacidade da Pixar em criar conteúdo de qualidade para todas as idades permanece imbatível. Soul é um drama ‘jazzístico’ que te vai fazer valorizar a vida e vivê-la de forma mais intensa, a cada dia. Os visuais engenhosos, a música comovente e as deliciosas interações entre os dois protagonistas contribuem para um filme profundamente envolvente e comovente. Se és fã de jazz, então este filme tem que estar no topo da sua lista.

Vencedor nas categorias de:

Melhor Filme de Animação,
Melhor Banda Sonora Original | Filme (Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste).

3. Ma Rainey: A Mãe do Blues

Era sabido que o último filme de Chadwick Boseman seria uma experiência de partir o coração. Boseman está fenomenal neste papel, tanto que sentimos a sua falta quando não surge no ecrã. O filme centra-se em Ma Rainey, uma cantora de blues com grande influência na década de 1920, interpretada pela sempre incrível Viola Davis. A Mãe do Blues proporciona uma experiência completa aos espectadores, do seu impecável figurino, a uma produção visual de incrível valor, a um enredo envolvente e, claro, Chadwick Boseman.

Vencedor na categoria de:

Melhor Ator | Drama (Chadwick Boseman)

Publicidade

4. Schitt’s Creek

Publicidade

Schitt’s Creek foi uma daquelas séries que nos ajudaram a superar o lockdown. A série começa devagar, mas cresce muito rápido. Esta centra-se em torno da família Rose, que de repente se viu sem dinheiro e a ter que viver num motel decadente, na cidade Schitt’s Creek. Divertida e comovente, com uma mensagem doce e simples sobre inclusão e relacionamentos, esta é uma série que vale a pena ver.

Vencedor nas categorias de:

Melhor Série de TV – Comédia,
Melhor Atriz em Série de TV – Comédia (Catherine O’Hara).

5. The Crown

The Crown fez-nos sempre chegar uma temporada promissora após a outra, desde o início em 2016. Mas agora, com a figuras gigantes como Margaret Thatcher (retratada pela brilhante Gillian Anderson) e Princesa Diana (interpretada de forma convincente por Emma Corrin), a quarta temporada é mais do que digna de uma viciante maratona. As atuações tomam, sem dúvida, conta do ecrã, contudo, a produção e o roteiro são também exemplares.

Vencedor nas categorias de:

Melhor Série de TV – Drama,
Melhor Atriz em Série de TV – Drama (Emma Corrin),
Melhor Ator em Série de TV – Drama (Josh O’Connor),
Melhor Atriz Secundária em Série de TV (Gillian Anderson).

6. Os 7 de Chicago

O drama do argumentista Aaron Sorkin é inteligente e autêntico e leva-nos a questionar o quão longe realmente chegamos desde os julgamentos de 1968. Extremamente realistas, com retratos convincentes protagonizados por Eddie Redmayne e Sacha Baron Cohen, entre outros, este é um filme imprescindível para os tempos que hoje vivemos.

Vencedor na categoria de:

Melhor Argumento – Filme (Aaron Sorkin)

Sugestões dos nossos editores para veres na Netflix

Fotos: Divulgação

Texto original: Secret Sydney

Cultura O Que Fazer