×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Não faltam motivos para visitar Guimarães (e aqui revelamos alguns)

Carolina Bessa Carolina Bessa

guimarães

É bem perto do Porto e vale a pena a visita.

Conhecida como a cidade onde nasceu Portugal, Guimarães é uma cidade histórica e que se tem vindo a revelar nas mais variadas áreas, com destaque na arte e cultura do país. Os seus traços medievais, juntamente com a modernidade do que vai nascendo, fazem desta uma cidade de visita obrigatória. E a melhor notícia? É bem perto do Porto.

Fica apenas a 45 minutos de carro e é um destino perfeito para passar um dia diferente ou, até, para uma escapadinha de fim de semana. O centro histórico da cidade-berço foi considerado, em 2001, Património da Humanidade da UNESCO, mas as atrações não se ficam por aqui.

Assim, seja para aproveitar o sol e o calor, ou simplesmente para escapar da rotina, este é um destino ideal para qualquer portuense que pretende passar um dia diferente. E vale mesmo a pena ir o dia todo, uma vez que a gastronomia é também de grande qualidade por estes lados.

Ora, a importância da cidade é já bem conhecida, mas o melhor de Guimarães não se fica por aqui. Por isso, se estás a pensar em ir passar uns dias fora, ou queres aproveitar o domingo para fazer algo diferente, deixamos-te alguns (mas bons) motivos para considerares uma visita a esta cidade do Norte de Portugal.

Castelo de Guimarães

É claro que este tinha de ser o primeiro grande motivo para visitar a cidade. É dos locais mais importantes de Guimarães e de Portugal, tendo sido aqui que nasceu a nação. Este castelo remonta ao século X e está intrinsecamente ligado a D. Afonso Henriques e à fundação de Portugal.

Pode ser visitado, sendo que atualmente as visitas estão adaptadas ao contexto pandémico que vivemos. A utilização de máscara e o distanciamento social são obrigatórios, bem como está limitado o número de visitantes e os horários foram ajustados.

Oferta cultural

Guimarães foi, em 2012, Capital Europeia da Cultura e isto, para além de prestígio à cidade, serviu também como impulso para o contínuo aparecimento de novas formas de expressão e ofertas culturais à população e visitantes.

Sendo que Guimarães é uma cidade bastante tradicional e que abraça a cultura minhota, não faltarão reflexos da cultura folclórica espalhados. Contudo, há uma aliança perfeita entre o tradicional e o contemporâneo e, por exemplo, as ruas históricas de Guimarães transmitem isso mesmo.

Já é possível ver cada vez mais arte urbana a preencher e colorir as paredes da cidade e está, até, a nascer um novo Bairro, o chamado “Bairro C”, que coloca a arte ao serviço da cidade para reativar partes do seu mapa pedonal.

Para além destas iniciativas, é aconselhável uma visita a diferentes museus da cidade, tais como o Centro Internacional das Artes José de Guimarães, a Casa da Memória ou o Museu Arqueológico Martins Sarmento.

Publicidade

Espaços verdes

Em todas as cidades procuramos espaços verdes e Guimarães não é exceção. Aqui encontramos vários e encantadores parques e jardins, alguns com vistas de cortar a respiração. Numa altura como esta em que estes espaços são privilegiados, este é um forte motivo para visitar a cidade.

Neste campo, recomendamos uma visita ao Monte da Penha, onde vais ficar boquiaberto com a vista sobre a cidade. Podes fazer a viagem no teleférico, que te leva ao cimo da montanha desde a cidade de Guimarães.

Para além deste espaço, podes ainda desfrutar do Parque da Cidade, do Parque de Lazer das Taipas ou dos jardins do Paço dos Duques de Bragança, entre muitos outros.

Várias igrejas

Em Guimarães, como em grande parte das cidades portuguesas, há muitas igrejas, em estilos e de épocas distintas, que merecem ser visitadas. Recordamos que há muito trabalho manual em cada uma destas igrejas mais “tradicionais” de Portugal e que tudo era pensado ao detalhe naquela altura.

Por isso mesmo, há quem aprecie entrar em Igrejas apenas para contemplar o edifício como uma obra de arquitetura. Neste sentido, aqui ficam algumas sugestões de igrejas para visitar:

  • Igreja de Nossa Senhora da Oliveira;
  • Igreja de São Miguel do Castelo;
  • Santuário da Penha;
  • entre muitas outras.

Gastronomia

Ora, já falamos acima deste tema, mas não podíamos deixar de o incluir como mais um excelente motivo para visitar Guimarães. Sendo uma cidade tipicamente minhota, há muitos e bons sítios para desfrutar do melhor da cozinha portuguesa.

Para quem é adepto da cozinha tradicional portuguesa, este será um destino que não vai desiludir.

Selecionamos apenas cinco de muitos motivos (e bons) para visitar uma cidade como Guimarães. É claro que, sendo uma cidade com um centro histórico considerado Património da Humanidade, aconselhamos uma aventura autónoma pelas ruas e ruelas da cidade, uma vez que todas elas contam histórias e serão, certamente, muito interessantes para descobrir. Bom passeio!

Foto de capa: @viajando.com.gps

Natureza & Bem-estar O Que Fazer