×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Sabes qual é o jardim mais antigo do Porto?

Carolina Bessa Carolina Bessa

jardim mais antigo do Porto

Chama-se Jardim de Marques de Oliveira, mas é conhecido por Jardim de S. Lázaro.

Quem acompanha o Porto Secreto sabe que estamos sempre em busca de episódios que contem partes da história da cidade e que os nomes das nossas ruas e jardins são alguns deles. Depois do conhecermos a história da rua Santa Catarina ou do Jardim da Cordoaria, por exemplo, fomos descobrir qual é o jardim municipal mais antigo da cidade e qual a história que este tem para nos contar.

Ora, o jardim mais antigo do Porto é o conhecido Jardim de S. Lázaro, contudo, o seu nome oficial é Jardim de Marques de Oliveira. Fica no Bonfim (considerado um dos bairros mais cool da Europa) e foi mandado construir por D. Pedro IV, tendo sido inaugurado em 1834.

Mas há muito mais história para contar sobre este jardim. Por exemplo, sabias que este jardim foi construído como homenagem às mulheres da Invicta? Continua a ler e descobre, connosco, mais este pedaço da história que estes nossos recantos nos contam.

jardim mais antigo
flickr.com/Patrick and MJ

Jardim de Marques de Oliveira

Apesar de conhecermos por Jardim de São Lázaro, na verdade, a sua toponímia oficial é Jardim de Marques de Oliveira. Mas qual a razão por detrás deste nome? Quem foi Marques de Oliveira?

Ora, este famoso jardim da Invicta deve o seu nome ao pintor portuense João Marques de Oliveira, que nasceu em 1853 e faleceu em 1927. O seu nome foi atribuído a este jardim como homenagem prestada ao artista pela Câmara Municipal do Porto.

Uma estátua sua, da autoria de Soares dos Reis, encontra-se exposta no jardim e algumas das suas obras podem ser contempladas no Museu Nacional de Soares dos Reis no Porto.

Publicidade

Um jardim antigo e histórico

Como já referimos acima, o jardim de São Lázaro foi o primeiro jardim municipal da cidade do Porto e foi desenhado pelo também primeiro jardineiro municipal, João José Gomes. Atualmente, e após ter sido alvo de várias intervenções, ainda mantém os traços românticos do desenho original.

Diz-se que foi mandado construir por D.Pedro IV, após o Cerco do Porto, e como homenagem às mulheres da Invicta. Foi inaugurado em 1834, no dia de aniversário de D. Maria II, mas apenas ficou concluído em 1841.

É o único jardim do Porto rodeado por quatro portões. Entre as suas atrações encontram-se várias estátuas, um lago, o coreto e um chafariz histórico, que foi transferido para este jardim em 1838, tendo sido originalmente concebido para o Convento de São Domingos.

Este jardim foi, durante muito tempo, o local de eleição da elite portuense. Apenas quando apareceram os jardins do Palácio de Cristal e o da Cordoaria é que se começou a frequentar menos esta parte da cidade onde se encontra o Passeio Público de S. Lázaro.

Foto de capa: flickr.com/zwigmar

O Que Fazer