×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

Há um novo mural no Porto, que celebra as ‘nossas’ Camélias

Porto Secreto Porto Secreto - Editor

Mural Casa das Camelias

Que o Porto é a cidade das vistosas Camélias, disso já aqui te falámos em fevereiro. Agora partilhamos contigo o novo mural que celebra esta ligação!

Uma vez que este ano não será (novamente) possível celebrarmos a tradicional Exposição de Camélias do Porto, que tanta afluência tem, todos os anos, o Município do Porto quis ainda assim marcar este momento do ano. Deste modo, foi agora revelado um novo mural bem primaveril para assinalar esta ligação de anos. Da autoria de Nuno Palhas, o mais recente mural do Porto ‘Casa das Camélias’ pretende ser:

‘(…) a representação do espaço habitado por alguém apaixonado por esta flor, que navegou desde o continente asiático até ao Porto. Os elementos representados guiam-nos nessa história, que decorre no período de floração da camélia e pretende marcar a estreita relação desta flor com a cidade.’

Este alegre mural está integrado no Programa de Arte Urbana do Porto e situa-se no cruzamento da Antero de Quental com a Damião de Góis.
Nuno Palhas aka Third, do Porto, tem um percurso pautado por diversas paixões, tendo por base o desenho. Este divide-se principalmente entre a ilustração, street art, modelação 3D e o design têxtil. Third tem já vários murais espalhados por Portugal. De Vila Real à Amadora, passando pela Covilhã e Lousada (entre vários outros locais), inúmeros são os sítios onde podes encontrar o seu traço. Também no Grande Porto tens vários murais com graffitis de Third para descobrires, bom passeio!

Mural Casa das Camelias
@agoraporto2019
A ligação do Porto às Camélias

Esta ligação entre a cidade e as camélias está bem visível na cidade, desde o início do ano. Basta para isso passear desde o fim do inverno pelos vários jardins, onde se podem encontrar viçosas japoneiras em flor colorindo o cenário.

Publicidade

A cidade do Porto deixou-se render ao encanto das japoneiras no início de 1800, e, ano após ano, no fim do inverno, estas retribuem, de forma natural, o carinho que temos tido com elas ao longo de mais de 200 anos, ao enfeitarem a cidade.

 

Conhece mais sobre a ligação do Porto às Camélias aqui.

Foto de capa: @agoraporto2019

Cultura O Que Fazer