×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

A caricata história do nome do Castelo do Queijo

Carolina Bessa Carolina Bessa

castelo do queijo

Na verdade, este não é o nome original do castelo.

Aqui no Porto Secreto gostamos de saber mais e mais sobre a nossa cidade. Já aqui fomos desvendando os “segredos” dos nomes de ruas como a dos Caldeireiros ou da Rua Escura, e agora debruçamo-nos sobre o mítico Castelo do Queijo.

Fica no final da Avenida da Boavista, mesmo ao pé do mar, o que lhe confere ainda mais um carácter especial e único. É, para além de um ponto de referência para todos os portuenses, um outro símbolo da cidade Invicta.

Por isso mesmo, hoje dedicamos-lhe este artigo.

O verdadeiro nome

Na verdade, o nome do conhecido Castelo do Queijo é Forte de São Francisco Xavier. Mas então, qual a origem da mais comum  designação “Castelo do Queijo”? Se pensas que a sua história se inspira num queijo real, não é exatamente assim, mas estás perto. Este nome está relacionado com a forma da rocha sobre a qual o forte foi construído, meia arredondada e que faz lembrar um queijo.

A ideia original da construção do castelo prendeu-se com a intenção de defender o areal que se encontra entre Leça da Palmeira e a foz do Rio Douro. Com isto, conseguia-se impedir o desembarque de tropas espanholas que pretendiam invadir a cidade.

O Castelo do Queijo (no caso, o Forte de São Francisco Xavier), começou a ser edificado por volta de 1643, durante o reinado de D. João IV. Foi o povo portuense e membros religiosos das Almas do Corpo Santo que subsidiaram a sua construção.

Publicidade

Para além de cumprir a sua missão inicial, ao longos dos anos e da história da cidade, o Castelo do Queijo foi, muitas vezes, peça essencial para evitar outras possíveis invasões, sendo um monumento de extremo valor histórico para o país e para a cidade.

A cidade do Porto conta uma importante parte da história do país e todas as suas ruas e ruelas, edifícios e monumentos são parte crucial da história da própria cidade.

Certamente, no teu próximo passeio pelo Castelo do Queijo, já te irás recordar desta história que aqui partilhamos e olharás com mais atenção para este forte, que tão importante foi, e continua a ser, para nós, portuenses.

Foto de capa: flickr.com/Nelson Alexandre Rocha

O Que Fazer