×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Guias Secretos O Que Fazer

Ruas emblemáticas da Invicta: a história da rua da Picaria

By Sofia Kendall

rua da picaria

Vai da Praça D. Filipa de Lencastre ao Largo Mompilher.

Já nos aventurarmos à descoberta das histórias que a rua Escura ou a rua Santa Catarina, entre muitas outras, nos contam. Hoje fomos saber qual a história que a rua da Picaria “esconde”. Desvendar segredos da nossa cidade é uma das nossas paixões, uma vez que a ficamos a conhecer ainda melhor (e também nós, portuenses, claro!).

Atualmente esta é uma rua que todos os portuenses já cruzaram, seja para ir a um dos muitos (e maravilhosos) restaurantes que lá se encontram, seja para subir do Tamisa até ao Kiosk do largo ou ao Candelabro, por exemplo.

A rua da picaria, que liga a Praça D. Filipa de Lencastre ao Largo Mompilher, é uma das mais icónicas ruas da Invicta e tem uma história própria e importante. Por isso mesmo não podíamos deixar de a homenagear, aqui no Porto Secreto.

A história da rua da Picaria

O nome é peculiar e por vezes, tal como acontece com outras ruas do Porto, como a da Bainharia, por exemplo, este pode estar relacionado com a atividade predominante que se exercia nesse local.

Segundo o dicionário Priberam da Língua Portuguesa, “picaria” refere-se a

1. Arte de adestrar cavalosequitação.
2. Picadeiro.
3. Quantidade de piques.
4. Tropa armada de piques.

Publicidade

Ainda que não existam referências concretas a esta relação, acredita-se que a ligação aos cavalos e à equitação, até por volta de 1925, seja o que está na origem do nome da rua.

Contudo, a fama da rua da Picaria (e esta sim, ainda existem memórias e até vestígios, atualmente) prende-se com atividades madeireiras. As marcenarias e lojas de móveis enchiam a Picaria, tal como as ferragens se encontravam concentradas na rua do Almada.

Aqui nasceu Sá Carneiro

Um outro acontecimento importante e histórico que distingue esta rua é o facto de ter albergado a família Sá Carneiro. Francisco Sá Carneiro, que foi primeiro ministro de Portugal, nasceu nesta rua.

Pontos de interesse (nos dias de hoje)

Como sabemos, atualmente a rua é preenchida pelos mais variados restaurantes e, como já referimos, é raro o portuense que não tenha já passeado pela rua da Picaria. Estes são alguns dos espaços que hoje lá encontramos (e que valem a pena ser visitados):

Foto de capa: flickr.com/João Peixoto