×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

As mais emblemáticas salas de cinema do Porto

Carolina Bessa Carolina Bessa

coliseu do porto

Eram muitas as salas de cinema no Porto. Atualmente poucas estão a funcionar com o mesmo propósito.

O Porto foi, desde cedo, um centro cultural. Eram várias as salas de cinema e espetáculo na Invicta, cada uma com a sua programação especial.

Com a recessão económica, e o posterior aparecimento dos grandes centros comerciais, muitos destes espaços fecharam e foram-se degradando e poucos sobreviveram às mudanças. Contudo, e com a renovação da cidade do Porto dos últimos tempos, há algumas salas que reabriram ou que foram restauradas. Se umas mantiveram o âmbito cultural, outras transformaram-se em hotéis, restaurantes ou bares.

Aqui deixamos-te algumas das principais salas de cinema do Porto que um dia foram o palco principal da cultura da cidade, também elas com muitas histórias para contar.

Cinema Trindade

O Cinema Trindade foi, pela primeira vez, inaugurado em 1913, na altura como Salão Jardim da Trindade. Era uma sala de espetáculos que incluía, para além de cinema, um salão de festas, café, bilhares e terraço.

Em 1957, e devido ao seu tremendo sucesso, foi remodelado e criou-se uma plateia e balcão de cinema, tendo, por isso, sido apelidado de Cinema Trindade. No entanto, sofreu novas intervenções nos anos 90, altura em que se criou o Bingo, devido à crise que afetava o cinema. Em 2000, e tal como muitos outros espaços históricos localizados na baixa do Porto, o Cinema não sobreviveu ao declínio e viu-se obrigado a fechar as portas.

17 anos mais tarde, o Cinema Trindade volta a abrir portas sob a responsabilidade de Américo Santos, fundador da Nitrato Filmes. Assim, em 2017 a Invicta volta a ter uma oferta cinematográfica diferente da que tinha até então e uma das principais salas do Porto é reaberta.

Atualmente, o cinema está aberto todos os dias, conta com 2 salas, para 169 e 183 pessoas respetivamente e oferece várias sessões.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ Rua do Almada 412, Porto

trindade antes
Fachada do Cinema Trindade antigamente | Foto: @CinemasDoParaiso
trindade sala antes
Sala do Cinema Trindade antigamente | Foto: @CinemasDoParaiso
trindade sala hoje
Sala do Cinema Trindade atualmente | Foto: @di_prettyexquisite
trindade
Hall do Cinema Trindade atualmente | Foto: @mafaldafalcaotvf

Rivoli

O Teatro Municipal Rivoli foi, desde sempre, e continua a ser, uma das principais salas de espetáculo da cidade. Inaugurado em 1913, começou por oferecer apenas teatro, tendo sido renovado e adaptado para cinema em 1923.

Tal como se verificou em vários espaços culturais da cidade, também esta sala, nos anos 70 se foi degradando. Contudo, em 1989 a Câmara do Porto comprou o imóvel para o devolver como espaço de oferta cultural aos portuenses.

Atualmente, e após remodelações, o Teatro conta com dois auditórios, um café-concerto, uma sala de ensaios e um foyer de artistas. É palco para todo o tipo de espetáculos, incluindo o cinema. É, por exemplo, onde acontece o maior festival de cinema da cidade, o Fantasporto.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ Praça D. João I, Porto

rivoli antes
Fachada do Rivoli antigamente | Foto: @CinemasDoParaiso
rivoli sala antes
Sala do Rivoli antigamente | Foto: @CinemasDoParaiso
rivoli hoje
Fachada do Rivoli atualmente | Foto: @ jose___reis
rivoli sala hoje
Sala do Rivoli atualmente | Foto: @cmp_portocultura

Águia D’ouro

Este edifício foi inaugurado em 1839 como Café Águia D’ouro e apenas em 1908 é que se transformou na sala de cinema.

Esta foi uma histórica sala de cinema e das mais importantes da cidade, tendo sido aqui inaugurado o cinema sonoro, em 1930 com o filme All That Jazz com Al Jolson.

Em 1989 e sem público para manter o cinema aberto, o Águia D’ouro fecha as portas. Atualmente é um hotel, que mantém a fachada característica dos anos 30.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ Praça da Batalha 35, Porto

aguia douro antes
Fachada do antigo Cinema Águia D’Ouro | Foto @CinemasDo Paraiso
aguia douro hoje
Hotel que ocupa o edifício atualmente | Foto: flickr.com/JoseCarlosCasimiro

Sá da Bandeira

A história deste espaço remonta a 1855. Tendo sido construído e reconstruído várias vezes, é em 1870 que se ergue o teatro, na altura apelidado de Teatro-Circo Príncipe Real. Foi aqui que passaram os primeiros filmes portugueses de Aurélio da Paz dos Reis, a 12 de novembro de 1896.

Em 1910, depois da implementação da República, muda-se o nome para o atual Teatro Sá da Bandeira.

Publicidade

Apesar de, atualmente, ser mais conhecido por performances de música e teatro, este espaço conta com duas salas de cinema. Hoje pertence à Livraria Lello mas mantém o seu âmbito de oferta cultural e sala de espetáculos.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ R. de Sá da Bandeira 108, Porto

sa da bandeira antes
Teatro Sá da Bandeira antigamente | Foto @CinemasDoParaiso
sa da bandeira sala antes
Sala do Sá da Bandeira antigamente | Foto: @CinemasDoParaiso
sa da bandeira agora
Sá Da Bandeira atualmente | Foto: @greyfox1900
sa da bandeira sala agora
Sala do teatro atualmente | Foto: @fernandomendesoficial1

Cinema Batalha

É impossível não reparar nele quando se passa na Praça da Batalha. Antes de ser conhecido como Cinema Batalha era o Salão High Life, onde já se passavam filmes. A mudança de nome acontece em 1947 com uma remodelação e o cinema passa a ter dois auditórios, dois bares e um restaurante com esplanada.

Fechou em 2000, vítima do declínio que afetou toda a cidade. Abriu portas por breves momentos até hoje, mas sem um projeto que permitisse a sua reabilitação duradoura. No final de 2019 iniciou-se um projeto de remodelação para o Cinema, pelo que deveremos ter mais novidades em 2021.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ Praça da Batalha 47, Porto

batalha antes
Fachada do Cinema antigamente | Foto: @CinemasDoParaiso
batalha sala antes
Sala do cinema Batalha | Foto: @CinemasDoParaiso
batalha agora
Fachada atual do edifício | Foto: flickr.com/JohnMeckley

Olympia

Esta sala, localizada na Rua de Passos Manuel, abriu portas em 1912 com o nome Olympia Kinema Teatro. Era uma casa que apelava à elegância e ao charme, tendo sido criada pelo mesmo arquiteto responsável pelo Café Majestic, pelo que chamava a atenção na cidade.

Nos anos 70, tal como aconteceu com os outros cinemas, o Olympia enquanto espaço cinematográfico não sobreviveu. Chegou a ser Bingo e, mais tarde, aproveitaram o espaço para bar. Atualmente é a discoteca Boîte.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ Rua Passos Manuel 131, Porto

olympia antes
Sala do Olympia antigamente | Foto: @CinemasDoParaiso
olympia agora
Fachada do edifício atualmente | Foto: flickr.com/bestqualitycrab

Teatro Carlos Alberto

Inaugurado em 1897, o Teatro Carlos Alberto foi, desde sempre, um espaço que dava palco a várias formas de expressão artística, desde o teatro ao cinema, sendo que nos anos 70 dedicava-se quase exclusivamente à exibição de filmes.

Passou por remodelações, tanto na programação como na sua arquitetura e em 2003 foi devolvido à cidade como um espaço renovado e com uma diversificada oferta cultural. Hoje faz parte do TNSJ E.P.E, juntamente com o Teatro Nacional de São João e o Mosteiro de São Bento da Vitória.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ R. Das Oliveiras 43, Porto
🚇 Metro da Trindade ou Aliados

carlos alberto antes
Antiga fachada do teatro | Foto: @CinemasDoParaiso
carlos alberto agora
Fachada do Teatro atualmente | Foto: @nelmafmartins

Cine-Teatro Vale Formoso

Esta sala foi inaugurada em 1949 e rapidamente se tornou um espaço de referência na cidade entre os anos 50 e 70. Como se verificou noutras salas, também esta não aguentou a crise que se vivia na cidade e fechou as portas nos anos 90.

Este edifício foi, mais tarde, adquirido pela IURD, que já não o ocupa atualmente.

INFORMAÇÃO ADICIONAL
🗺️ Rua São Dinis, Porto

vale formoso antes
Antigo Cine-Teatro do Vale Formoso | Foto: @CinemasDoParaiso

Estas são algumas das principais salas de cinema do Porto, mas não são todas. Também conhecidas e com história eram o Cinema Júlio Deniz, o Cine-Foz, o Cinema do Terço, um cinema ao ar livre no Marquês, ou o Estúdio Foco.

Foto de capa: @CinemasDoParaiso

O Que Fazer